11/07/2019

Quais os equipamentos necessários para a manutenção da piscina?


Compartilhe:

Neste artigo, separamos os principais equipamentos utilizados na limpeza da piscina. Quer saber quais são?

Calor e piscina são duas coisas que, juntas, fazem a felicidade de qualquer um. Contudo, para usufruir desse momento de lazer é muito importante garantir que a manutenção esteja em dia. Sendo assim, criar um cronograma de limpeza é essencial para preservar a água sempre limpa e cristalina. E, para auxiliar nessa tarefa, é preciso acertar na escolha dos equipamentos para piscina.

Atualmente, existem diferentes modelos de piscinas disponíveis no mercado, sendo que cada uma apresenta características únicas que interferem na escolha do equipamento e dos produtos de limpeza. Sabendo disso, criamos este artigo com os principais equipamentos usados em uma piscina, além de outras informações importantes sobre o tema. Confira!

Quais os tipos de piscina disponíveis no mercado?

O mercado de piscina tem desenvolvido vários modelos com o intuito de atender os diferentes gostos. Atualmente, é possível encontrar piscinas elevadas, de vidro, com borda infinita, de vinil e de fibra. No entanto, existem três formas básicas para a construção dessas piscinas.

Piscinas de fibra

Para se ter uma piscina de fibra é necessário apenas fazer a escavação do terreno sem a necessidade de uma estrutura. Essa opção tem como vantagem a praticidade, a resistência e um ótimo custo-benefício. Além disso, devido à superfície lisa, a limpeza é simples e pode ser feita com menos frequência.

Piscina de concreto

A piscina de concreto é uma opção mais cara, pois sua construção depende de mão de obra e a estrutura é feita de ferro e concreto, por isso são mais resistentes. O revestimento pode ser de azulejos, pastilhas e pedras. Nesse sentido, a limpeza deve ser realizada com frequência, dando a devida atenção aos rejuntes, pois facilita o acúmulo de sujeira.

Piscina de alvenaria

Esse modelo requer uma estrutura de vigas e pilares, que são preenchidos com blocos. Seu acabamento pode ser feito com vinil, dispensando a necessidade de impermeabilizante e revestimento. Nesse caso, a limpeza deve ser realizada com cuidado, pois o material é suscetível a cortes e rasgos.

Quais são os principais equipamentos para piscina?

A manutenção da piscina é essencial para manter seu aspecto limpo e agradável. Para isso, existe uma variedade de equipamentos que podem ser usados na execução dessa tarefa. Sendo assim, veja quais são os principais:

  • bomba: sua função é manter a água em circulação durante o processo de filtragem, além de outras funções como ligar a cascata e produzir o fluxo nos sistemas de aquecimento solar ou elétrico. Sendo assim, esse equipamento deve permanecer em local fechado, mas que permita a entrada de ventilação, a fim de evitar o superaquecimento;
  • filtro: disponível no mercado em diferentes modelos (filtro de areia, de cartucho e de terra diatomácea) trata-se de um equipamento responsável por filtrar a água. Por meio dele é possível retirar toda a impureza como folhas, fio de cabelo, terra, insetos etc. Contudo, para manter sua eficiência é necessário fazer a limpeza do equipamento regularmente;
  • aspirador para piscina: é usado para remover a sujeira mais pesada do fundo da piscina. Por isso, deve ser utilizado com o auxílio de uma escova e de um cabo telescópico;
  • peneira cata folha: é um acessório muito útil para remover a sujeira acumulada na superfície da água.

Produtos de limpeza

Além dos equipamentos e acessórios adequados para a manutenção da piscina, os produtos de limpeza também exercem uma função muito importante durante esse processo. Por esse motivo, você deve sempre manter por perto itens como:

  • cloro;
  • clarificante;
  • elevador ou redutor de pH;
  • algicida;
  • decantador;
  • inibidor de metais;
  • limpa bordas;
  • barrilha leve.

Com base no que vimos, fica claro a importância de escolher bem os equipamentos para piscina, pois essas ferramentas afetam a durabilidade e qualidade da água. Por esse motivo, é muito importante consultar a opinião de um profissional, a fim de evitar possíveis dores de cabeça. Geralmente, as empresas especializadas nesse tipo de equipamento podem fornecer as informações necessárias para acertar na escolha.

Fonte: tibumpiscinas.com.br