21/05/2019

É Minas, uai!


Compartilhe:

Minas Tênis Clube lidera ranking da natação brasileira em 2018. Clube já acumula oito vitórias

por Sergio Kapustan

Com equipes de ponta em outras modalidades esportivas, como basquete, vôlei e futsal, o Minas Tênis Clube, na natação, também não deixa barato. A prova é o desempenho em 2018. Após um jejum de uma década, o MTC reconquistou a hegemonia das piscinas ao ficar em primeiro lugar no ranking nacional de clubes da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). Além da conquista, diversos atletas se destacaram em competições internacionais defendendo o Brasil. Ao longo de toda a temporada da natação brasileira, o clube mineiro alcançou 310 pontos, que representa a soma dos desempenhos nos campeonatos (da categoria juvenil até sênior). Ele superou com folga o Corinthians (251 pontos) e o tradicional Pinheiros (227 pontos). O Curitibano (208 pontos) completa a lista do G4 da confederação. O ranking foi criado em 1998 e o Minas venceu oito vezes: 1998, 2002, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008 e 2018. Fundado em 15 de novembro de 1935, o clube possui 84 mil associados, com mais de três milhões de acesso às dependências/ ano, duas piscinas olímpicas, construídas nos bairros Lurdes (unidade Minas I) e Serra (unidade Minas II), academia e departamento de saúde completo (fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, médicos ortopedistas e cardiologistas, e massoterapeutas). A equipe de natação é composta de 450 atletas, 13 técnicos e 30 pessoas de apoio. O clube forma equipes competitivas nas categorias Mirim (9 e 10 anos), Petiz (11 e 12 anos), Infantil (13 e 14 anos), Juvenil (15 e 16 anos), Junior (17, 18 e 19 anos) e Sênior (a partir de 20 anos). O diretor Hélio Lipiani explica a importância de reconquistar a hegemonia da natação: “É a consolidação do trabalho realizado nas categorias de base e na formação do atleta cidadão. Um dos principais valores do clube é formar atletas campeões, dentro e fora das piscinas”.