23/12/2020

Diversificação e Planejamento: os principais aliados para o crescimento


Compartilhe:

Crise de abastecimento e perspectiva de mais crescimento no volume de negócios exige novas estratégias para fidelização de clientes

Este tem se mostrado um ano para entrar na história do setor de piscinas. Demanda acima da média com fabricantes e lojistas batendo recorde de vendas e faturamento durante o inverno, crise de abastecimento de insumos e matérias-primas, perspectiva de mais crescimento no volume de negócios para a alta temporada e uma pandemia mundial que mudou, entre outras coisas, as relações de trabalho. Ou seja, o cenário perfeito para colocar a prova algumas características e estratégias do comércio nacional. Entre elas o fenômeno da especialização.

Para Eduardo Telles, diretor Comercial da Marol Piscinas e Produtos Químicos, a pandemia revelou a importância da diversificação do negócio. “Hoje em dia é muito comum uma empresa se especializar em um único serviço. Por exemplo, uma lavanderia que só lava toalhas e guardanapos de restaurantes e hotéis. Com a pandemia, muito provavelmente, esse negócio passou por sérias dificuldades. E no que se refere às lojas de piscinas, muitas correm o risco de cair na mesma armadilha do ‘especialista’. E veja só, agora estamos trabalhando com aumentos de preço e escassez de produtos nas prateleiras, e é justamente a diversificação de marcas e equipamentos que vai salvar nosso negócio”, defende.

Telles ressalta ainda que a mudança de comportamento e consumo dos clientes apenas reforça os benefícios de oferecer e vender com variedade. Com o distanciamento social e o home office, a quantidade de clientes na loja física diminuiu e a expectativa do consumidor é encontrar tudo o que precisa em um único local.

Diretor da Henrimar Piscinas, Henrique Padovani destaca também que o fato de o consumidor ter mais tempo em casa por conta do home office contribui para que ele faça mais pesquisas e tenha mais tranquilidade para discutir com a família as opções de compra. E foi essa mudança que impulsionou a ampliação dos investimentos e ações em marketing, principalmente nas redes sociais. “O atendimento remoto e estratégias de vendas bem estruturadas mostraram aos consumidores nossa capacidade produtiva e a segurança e credibilidade da indústria. O chamado ‘corpo a corpo’ virtual trouxe segurança aos clientes”, aponta.

Para oferecer todo o suporte aos franqueados e revendas, Padovani também apostou na criação de novos processos internos e capacitação dos colaboradores para se adaptarem ao novo modelo de atendimento. “Essa ‘reinvenção’ trouxe um grande aprendizado a todos na cadeia de negócios: indústria, franqueados e consumidores. Por isso a minha principal recomendação é sempre investir em planejamento. Isso gera vantagem competitiva e serve como base para enfrentar os desafios de um mercado cada vez mais dinâmico”, aconselha.

Diretor da Brustec Lazer, Geraldo Carmesini concorda que o planejamento antecipado é fundamental para o sucesso do negócio. Estar atento às necessidades dos clientes e ter uma equipe qualificada para dar vazão às demandas que surgem no meio do caminho também colabora para que a empresa consiga enfrentar o impacto da alta demanda da temporada e atender as expectativas do consumidor.

“Trabalhar sempre com o foco no cliente e em fortalecer parcerias. Aliado a isso, buscar sempre a qualidade dos produtos e a agilidade nas entregas porque essas ações também fortalecem as relações comerciais. Tudo isso unido a um atendimento personalizado colabora para que a fidelização aconteça automaticamente”, finaliza.

 

Fonte: Revista ANAPP Edição 154